fbpx

A Confraria de Artes Liberais, bastante motivada pela crescente busca pelo aprendizado das Artes Liberais e também da necessidade eminente de formação de nossos estudantes que queiram seguir uma vida intelectual e de docência, com um esforço singular, concedeu bolsas de estudos de seis meses a dez alunos criteriosamente selecionados. Este curso recebeu o nome de Curso Intensivo de Artes Liberais (CIAL), e aconteceu entre janeiro e junho de 2017.

Durante seis meses de imersão, esses jovens receberam uma sólida formação nas línguas clássicas e nas sete artes do Trivium e do Quadrivium: Gramática, Lógica, Retórica, Aritmética, Geometria, Música e Astronomia. As artes do Trivium, principalmente a Gramática, desenvolvem uma compreensão profunda dos níveis do discurso e das capacidades de expressão, memória, oratória, todas fundamentais para compreender os grandes autores e poder imitá-los. As artes do Quadrivium complementam a formação por meio de um entendimento minucioso das proporções e ordens nas realidades físicas à nossa volta, desenvolvendo o espírito científico nos alunos.

Em conjunto com o trabalho editorial realizado pelas manhãs, o domínio dessas Artes (que podemos entender melhor pelo seu nome grego, τέχνε ou “técnica”) resultou diariamente em um enorme crescimento nas virtudes humanas e na contínua preparação para os estudos superiores como eram entendidos pelos renascentistas: um serviço ao bem-comum. Direito, Letras, Filosofia, Teologia, Moral, Ciências Naturais e todo o verdadeiro conhecimento necessita de uma base humana sólida e bem edificada, pois tratará sempre do próprio homem. O domínio dessas artes, portanto, permite que possamos projetar o futuro sem tirar os olhos do passado, tendo por base o que de melhor foi feito pelos grandes homens da história e nos tornando cada vez mais como eles.

O preceito evangélico foi vivido diariamente: “Conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará”. Sendo livres pelo entendimento das realidades, os alunos se tornaram capazes de tomar decisões mais acertadas para as próprias vidas, que os farão mais felizes e realizados, tanto como profissionais quanto como amigos, filhos, pais, e pessoas que serão.

Os alunos receberam gratuitamente o material didático, a estadia, as aulas diárias e todo o apoio material por meio das bolsas de estudo disponibilizadas pelo Instituto e pelas suas iniciativas. 

Alunos selecionados no ano de 2017

1. Caio Henrique Santos Silva (São Paulo – SP)
2. Eduardo Felipe de Oliveira (Blumenau – SC)
3. Enrique Machuca (Paraguay)
4. Felipe Asmuz (Porto Alegre – RS)
5. Jean Guerreiro (Brusque – SC)
6. Josimar de Souza Rodrigues Junior (Bom Jesus do Norte – ES)
7. Juan Carlos Diaz (Argentina)
8. Marllon Ramos (São Gonçalo – RJ)
9. Pedro Henrique Borges de Oliveira (Brasília – DF)
10. Ivanor Bochi (Porto Alegre – RS)

As Artes Liberais, diferente de outras disciplinas, não visam ensinar uma profissão ou um conjunto de habilidades específicas, mas sim um conjunto de técnicas que fazem a inteligência humana se desenvolver. As sete colunas nas quais se baseou a formação dos grandes homens do Ocidente, como Tertuliano, Aristóteles, Alcuíno, Agostinho, Shakespeare, e tantos outros, são um caminho certo e experimentado para a edificação de uma pessoa livre e capaz de usar os seus talentos para mudar a si mesmo e o mundo ao seu redor.

Como nos lembra Cícero, “animi cultura philosophia est”: a Filosofia é o cultivo da alma. Nos ajude a cultivar cada vez mais espíritos bem dispostos; assim, poderemos colher os primeiros frutos em meio a tanta aridez.

Fechar Menu
×
×

Carrinho